Júlio Rodrigues da Silva

juliorodssilva@gmail.com

Education
PhD in History and Theory of the History of Ideas with focus on History of Political Ideas, with the Faculty of Social Sciences and Humanities of the New University of Lisbon, in May 5, 1999, distinguished and with a unanimous praise. Dissertation: Political Ideals of a State Elite. Diplomatic corps (1777-1793), drawn up under the guidance of Professor Zília Barrish Osório de Castro;
Master degree in Cultural History and Politics, Faculty of Social Sciences and Humanities, of the New University of Lisbon, in February 5, 1987, with the classification of “very good”. Dissertation: The constitutional thesis in the constituents Courts of 1837-1838, drawn up under the supervision of Professor José Sebastião da Silva Dias;
Degree in history, Faculty of Arts, University of Lisbon in July 31, 1981, distinguished, with 16/20.

Main Research Areas
History of Ideas; Political History, History of Mentalities and Military History.

Professional and Academic Experience
Assistant Professor Department of the History Department – Lusíada University of Lisbon since 1987-1990;
Assistant Professor Department of the History Department of F.C.H.S. of Lusíada University of Lisbon since 1990-1999;
Associate Professor of the Department of History F.C.H.S. of Universidade Lusíada de Lisboa since 1999-2010;
Guest Assistant Professor of the Department of History of iIeas and Political Studies of the F.C.S.H. of the New University of Lisbon in the academic years from 2001-2002 and 2002-2003;
Guest Assistant Professor of the History Department at the Autonomous University of Lisbon 2003-2004.

Participation in Projects
Political and International Studies group of the F.C.S.H. of the U.N.L.
“Portugal and the ways of the sea. XVII-XIX”-Collaboration in the project of C.H.C. (currently called Political Studies Group) coordinated by Prof. Dr. Zília Osório de Castro (completed);
“A century and a half of diplomatic relations between Portugal and Brazil (1825-2000): the six Portuguese-Brazilian Treaties “-collaboration and participation in the coordination of this project of C.H.C. (currently called Political Studies Group) under the supervision of Prof. Dr. Zília Osório de Castro (completed);
“Treaties in the Iberian Area (1815 – 2006)” – Coordination of this project of C.H.C (currently called Political Studies Group) under the guidance of Prof. Dr. Zílía Osório de Castro (started in 2006);
“Cross Cultures in Portuguese. Power networks and cultural relations (Portugal and Brazil, 16th century. XIX-XX) ” on the Group of Political Studies of the Centre of History of Culture of F.C.S.H. of the New University of Lisbon and on the Laboratory – Power Networks and Cultural Relations of the University of Rio de Janeiro in Brazil, coordinated by Professor Cristina Mason Sami and Abdul Mohammed Paschoal Guimarães. Collaboration (2009-2010).

 Catalogues
Catalogue of the José Estêvão Exibiht: Revolution and Freedom 1809-1862, coordinated by Rui Costa and Teresa Fonseca, Lisbon, Março de 2010

Publications
“As Cortes Constituintes de 1837-1838. Liberais em Confronto”, 1 Volume, Lisboa, I.N.I.C., 1992;
“Ideário Político de uma Elite de Estado. Corpo Diplomático (1777-1793)”, 1 Volume, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian/Fundação para a Ciência eTecnologia, 2002,
Edição conjunta com Zília Osório de Castro e Cristina Montalvão Sarmento de Tratados do Atlântico Sul: Portugal-Brasil, 1825-2000, 1 Volume, Lisboa, IDI-MNE, Colecção Biblioteca Diplomática do MNE – Série A, n.º 5, 2006;
“José Estêvão de Magalhães 1809-1862″ – Biografia Parlamentar, 1 Volume, Lisboa, Assembleia da República e Texto Editores, Lda., Colecção Grandes Oradores, 200

Published Articles
“A Guarda Nacional, Segurança e Defesa Nacional (1834-l838)”, Nação e Defesa (Revista do Instituto da Defesa Nacional), nº. 43, Lisboa, I.D.N., Jul.-Setembro/1987, p. 87-95;
“O Constitucionalismo Setembrista e a Revolução Francesa”, Revista de História das Ideias, Vol.10º., Coimbra, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 1988, p. 475-483;
“A Problemática da Defesa Nacional nos Anos de 1860-1880″, Nação e Defesa (Revista do Instituto da Defesa Nacional), nº. 49, Lisboa, I.D.N., Jan.-Março/1989, p. 133-140;
“A Acção Médica. Ideário e Medicina num Órgão da Acção Católica Portuguesa (1934-1939)”, Lusíada nº. 2 ,-Série de História-, Lisboa, Universidade Lusíada Out-Dez/1989, p. 264-285;
“A Encíclica Mit Brennender Sorge e a Imprensa Católica”, Reflexão Cristã (Revista do Centro de Reflexão Cristã), Ano XIV, nº. 68, Lisboa, C.R.C., Janeiro-Fevereiro/1990, p. 46-58;
“A Universidade de Coimbra e a Imprensa Regional na Regeneração. O Campeão do Vouga (1852-1859)”, Actas do Congresso História da Universidade no 7º. Centenário da Sua Fundação, Vol. 5º., Coimbra, Comissão Organizadora do Congresso “História da Universidade”, l991, p. 327-335;
“A Revolução Francesa e o Liberalismo Radical. A Interpretação de Manuel dos Santos Cruz, Actas do Colóquio: A Revolução Francesa Duzentos Anos Depois” Edição Especial da “Lusíada” nº. 2, – Série de História – Lisboa, Universidade Lusíada, Abril de 1992, p. 83-100;
“Elites Locais e a Imprensa Regional na Regeneração, O Scalabitano (1856-1857)”, “Temas de História do Distrito de Santarém, Comunicações Apresentadas ao I Colóquio sobre História Regional e Local do Distrito de Santarém, (1987)”, Santarém, E.S.E.S, 1992, p. 309-323;
Debate Constitucional e Reforma da Carta no Início dos Anos 70 (1871-1873) “Constituição da Europa, Constituições da Europa, Europeísmo e Nacionalismo na História Constitucional Europeia”, Lisboa, Assembleia da República, Julho de 1992, p. 307-325;
“A Imprensa Militar na Segunda Metade do Século XIX, Actas do II Colóquio de História Militar – Panorama e Perspectivas Actuais da História Militar em Portugal”, Lisboa, Comissão Portuguesa de História Militar, 1991 (1993), p. 339-345;
“Aspectos do Quotidiano na Epidemia de Peste de 1899, Cultura – História e Filosofia, Vol. VII, Lisboa, Centro de História da Cultura da Universidade Nova de Lisboa, 1993, p. 231-247;
Pedro de Sousa e Holstein, Duque de Palmela, “História de Portugal. Dos Tempos Pré-Históricos Aos Nossos Dias”, Dir. Prof. Doutor João Medina, Vol. VIII, “Portugal Liberal”. Alfragide, Ediclube, 1993, p. 237-242;
Nuno Rolim de Moura Barreto, Duque de Loulé, “História de Portugal. Dos Tempos Pré-Históricos Aos Nossos Dias”, Dir. Prof. Doutor João Medina, Vol. VIII, “Portugal Liberal”. Alfragide, Ediclube, 1993, p. 242-248;
António José de Ávila, Duque de Ávila e Bolama, “História de Portugal. Dos Tempos Pré-Históricos Aos Nossos Dias”, Dir. Prof. Doutor João Medina, Vol. VIII, “Portugal Liberal”. Alfragide, Ediclube, 1993, p. 249-254;
Passos Manuel e o Setembrismo, “História de Portugal. Dos Tempos Pré-Históricos Aos Nossos Dias”, Dir. Prof. Doutor João Medina, Vol. VIII, “Portugal Liberal”. Alfragide, Ediclube, 1993, p. 255-264;
Costa Cabral e o Cabralismo, “História de Portugal. Dos Tempos Pré-Históricos Aos Nossos Dias”, Dir. Prof. Doutor João Medina, Vol. VIII, “Portugal Liberal”. Alfragide, Ediclube, 1993, p. 265-277;
O Rotativismo Monárquico-Constitucional. Eleições, Caciquismo e Sufrágio, “História de Portugal. Dos Tempos Pré-Históricos Aos Nossos Dias”, Dir. Prof. Doutor João Medina, Vol. IX, “A Monarquia Constitucional”. Alfragide, Ediclube, 1993, p. 47-67;
António Alves Martins, Bispo de Viseu, “História de Portugal. Dos Tempos Pré-Históricos Aos Nossos Dias”, Dir. Prof. Doutor João Medina, Vol. IX, “A Monarquia Constitucional”. Alfragide, Ediclube, 1993, p. 73-78;
Anselmo Braamcamp Freire, “História de Portugal. Dos Tempos Pré-Históricos Aos Nossos Dias”, Dir. Prof. Doutor João Medina, Vol. X, “A República I, Sonhos e Malogros”. Alfragide, Ediclube, 1993, p. 278-283;
A Revista de Setúbal e o Final do Século (1899-1901), “Lusíada” nº. 3- Série História -, Lisboa, Universidade Lusíada, Abril de l995, p. 295-312;
O Bicentenário de 1640, “Lusíada” nº. 4, Edição Especial, – Série História -, Lisboa, Universidade Lusíada, Julho de l995, p. 181-199;
O Liberalismo de “O Constitucional (1838-1839)”. A Ordem e a Liberdade, “Cultura. Revista de História e Teoria das Ideias”, (II Série), Vol. VIII, Lisboa, Publicação Anual do Centro de História da Cultura da Universidade Nova de Lisboa, 1996, p. 231-247;
O Eixo Estratégico do Atlântico. Os Tratados de Santo Ildefonso e do Pardo, “Portugal e os Caminhos do Mar. Séculos XVII-XIX”, Coord. e Introd. Prof. Doutora Zília Osório de Castro, Lisboa, Edições Inapa, 1998, p. 51-69;
D. Francisco Inocêncio de Sousa Coutinho (Vila Viçosa, 28 de Dezembro de 1726-Madrid, 6 de Fevereiro de 1780), “Portugal e os Caminhos do Mar. Séculos XVII-XIX”, Coord. e Introd. Prof. Doutora Zília Osório de Castro, Lisboa, Edições Inapa, 1998, p. 171-173;
José Moñino y Redondo, Conde de Floridablanca (Múrcia, 1728-Sevilha, 1808), “Portugal e os Caminhos do Mar. Séculos XVII-XIX”, Coord. e Introd. Prof. Doutora Zília Osório de Castro, Lisboa, Edições Inapa, 1998,  p.173-174;
Portugal e a Terceira Partilha da Polónia (1794-1795), “Cultura. Revista de História e Teoria das Ideias”, (IIª.Série), Vol. XI, Lisboa, Publicação Anual do Centro de História da Cultura da Universidade Nova de Lisboa, 1999, p. 191-202;
Diplomatas e Militares em Portugal na Segunda Metade do Século XVIII. As Primeiras Décadas do Reinado de D. Maria I (1777-1793), “Actas do IX Colóquio de História Militar – Os Militares na Sociedade Portuguesa”, Lisboa, Comissão Portuguesa de História Militar, 1999 (2000), p. 93-103;
Raimundo José da Cunha Matos e o cerco do Porto (1831-1833), “Actas do X Colóquio de História Militar – Brasil e Portugal. História das Relações Militares”, Lisboa, Comissão Portuguesa de História Militar, 2000 (2001), p. 377-389;
A Epidemia de Febre Amarela de 1857 e O Português, “Cultura, Revista de História e Teoria das Ideias” (IIª. Série), Vol. XIII, Lisboa, Publicação Anual do Centro de História da Cultura da Universidade Nova de Lisboa, 2000/2001, p.55-81;
Portugal e a Campanha de Itália (1796-1797), “Actas do XI Colóquio de História Militar – Portugal e os Abalos Político-Militares da Revolução Francesa no Mundo”, Lisboa, Comissão Portuguesa de História Militar, 2001 (2002), p.55-77;
Memória e História no Liberalismo Ibérico: Luís Augusto Rebelo da Silva e Francisco Martínez de la Rosa, “Cultura, Revista de História e Teoria das Ideias”, IIª. Série, Vol. XV, Lisboa, Publicação Anual do Centro de História da Cultura da Universidade Nova de Lisboa, 2002 (2003), p.245-269. – Marrocos e Portugal Face às Invasões Napoleónicas (1807-1815), “Actas do XII Colóquio de História Militar – Laços Histórico-Militares Luso-Magrebinos”, Lisboa, Comissão Portuguesa de História Militar, 2002 (2003), p.247-271;
O Imaginário Social das Epidemias em Portugal no Século XIX, “Lusíada”, Série II, n.º 1 (2004), História, Lisboa, Universidade Lusíada Editora, 2004, p.95-125;
A Família Face aos Totalitarismos, “Lusíada”, Série II, n.º 1 (2004), História, Lisboa, Universidade Lusíada Editora, 2004, p.143-156. – Os Encarregados de Negócios em Portugal, 1792-1823, “Cultura, Revista de História e Teoria das Ideias – Ciência Política” IIª. Série, Vol. XVI-XVII, Lisboa, Publicação Anual do Centro de História da Cultura da Universidade Nova de Lisboa, 2003 (2004), p.257-272;
Catolicismo e Pensamento Social na Acção Médica (1936-1945), “Habent Sua Fata Libelli. Colectânea de Estudos em Homenagem ao Académico de Número, Doutor Fernando Guedes no seu 75.º Aniversário”, Lisboa, Academia Portuguesa da História, 2004, p.325-351;
Guerra e Propaganda em 1916. O caso do jornal A Montanha, “Actas do XIII Colóquio de História Militar – Portugal Militar da Regeneração à Paz de Versalhes”, Lisboa, Comissão Portuguesa de História Militar, 2003 (2004), p.451-473;
Monarquia e Tradição no 1.º Centenário da Carta Constitucional (1925-1927), “Summus Philologus Necnon Verborum Imperator”. Colectânea de Estudos em Homenagem ao Académico de Mérito, Professor Dr. José Pedro Machado, no seu 90º Aniversário”, Lisboa, Academia Portuguesa da História, 2004, p.357-393;
Portugal e a Guerra do Canadá (1812-1815), “Lusíada”, Série II, n.º 2 (2005), História, Lisboa, Universidade Lusíada Editora, 2005, p.97-125;
A «Arribada» das Princesas Marroquinas a Lisboa em 1773, “Actas do XIV Colóquio de História Militar – Comemorando 230 Anos do Tratado Luso-Marroquino de 1774″, edição bilingue em português e francês, Lisboa, Comissão Portuguesa de História Militar, 2004 (2005), Vol. I, p.55-66;
Le Portugal et la Guerre Péninsulaire (1807-1813): Aspects économiques et diplomatiques, «Actes du XXX.º Congrès International d’Histoire Militaire – Aspects économiques de la défense à travers les grands conflits mondiaux – Rabat, août 2004», Rabat, Commission Marocaine d’Histoire Militaire, 2005, p. 567-578;
O Difícil Reencontro Luso-Brasileiro. O tratado de comércio e navegação (15.05.1836), “Tratados do Atlântico Sul: Portugal-Brasil, 1825-2000″, 1 Volume, Lisboa, IDI-MNE, Colecção Biblioteca Diplomática do MNE – Série A, n.º 5, 2006, p.57-86;
Joaquim António de Magalhães, “Tratados do Atlântico Sul: Portugal-Brasil, 1825-2000″, 1 Volume, Lisboa, IDI-MNE, Colecção Biblioteca Diplomática do MNE – Série A, n.º 5, 2006, p.96;
José Ignácio Borges, “Tratados do Atlântico Sul: Portugal-Brasil, 1825-2000″, 1 Volume, Lisboa, IDI-MNE, Colecção Biblioteca Diplomática do MNE – Série A, n.º 5, 2006, p.97;
A Guerra da Independência dos E.U.A. e os Diplomatas Portugueses. Luís Pinto de Sousa Coutinho e os Primórdios do Conflito (1774-1776), “Actas do XV Colóquio de História Militar -Portugal Militar nos Séculos XVII e XVIII até às Vésperas das Invasões Francesas”, Lisboa, Comissão Portuguesa de História Militar, 2005 (2006), Vol. II, p.913-928;
A Revista Militar e a Guerra Naval Russo-Japonesa (1904-1905), “Revista Militar”, II Século – Ano 59 – N.º 1 – N.º 2460, Lisboa, Empresa da Revist Militar, Janeiro de 2007, p.139-174;
O Conde do Lavradio e o Sistema Prisional Francês nos Primórdios da Monarquia de Julho, “Lusíada”, Série II, n.º 3 (2007), História, Lisboa, Universidade Lusíada Editora, 2006, p.43-70;
Simão José da Luz Soriano e o Liberalismo Moderado (1858-1860), “Cultura. Revista de História e Teoria das Ideias. Ideias Políticas. Em homenagem a Zília Osório de Castro”, Vol. XXII, II Série (2007), Lisboa, Centro de História da Cultura, 2006, p.151-175;
Cypriano Ribeiro Freire e a América Federalista (1794-1799), “Revista Negócios Estrangeiros”, Número 10, Lisboa, Instituto Diplomático do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Fevereiro de 2007, p.379-399;
Joaquim Xavier da Silva e o “Breve Tratado de Higiene Militar e Naval” (1819), “Actas do XVI Colóquio de História Militar – O Serviço de Saúde Militar, na Comemoração do IV Centenário dos Irmãos Hospitaleiros de São João de Deus em Portugal, organização da CPHM e da Ordem Hospitaleira de São João de Deus, realizada em Lisboa no Salão Nobre do Palácio da Independência, sob a presidência do Tenente-General Alexandre de Sousa Pinto de 6 a 10 de Novembro de 2006, Lisboa, Comissão Portuguesa de História Militar, 2007, Vol. II, p.905-921;
Cunha Leal e os primórdios da Segunda Guerra Mundial – I, “Lusíada”, Série II, n.º 4 (2008), História, Lisboa, Universidade Lusíada Editora, – Aspectos Político-Militares e Diplomáticos da Guerra Peninsular: A Legação Portuguesa em Haia e o Império Napoleónico (1807-1810), “Actas do XVII Colóquio de História Militar nos 200 Anos das Invasões Napoleónicas em Portugal – A Guerra Peninsular perspectivas multidisciplinares – Congresso Internacional e Interdisciplinar evocativo da Guerra Peninsular, organização da CPHM e do Centro de Estudos Anglo-Portugueses, realizado em Lisboa na Fundação Calouste Gulbenkian em Lisboa de 7 a 9 de Novembro de 2007, sob a presidência do Tenente-General Alexandre de Sousa Pinto, Lisboa, CPHM/CEAP, 2007 (2008), coordenação da Professora Doutora Maria Leonor Sousa Machado, Vol. II, p.375-396;
Wenceslau de Moraes e a Guerra Russo-Japonesa de 1904-1905 – “Lusíada”, Série II, n.º 5/6, História, Lisboa, Universidade Lusíada Editora, 2009, p.55-97;
Cunha Leal e a Vida Contemporânea (1934-1936) – “Hipóteses do Século – Estudos do Século XX”, Ribeiro, Manuela Tavares (dir.), Pita, António Pedro e Granja, Paulo (coord.), Número 9, Coimbra CEIS20/Imprensa da Universidade de Coimbra, 2009, p.251-265;
Turismo e Identidade Nacional: o Guia de Portugal de Raúl Proença – “Congresso Internacional de Estudos Clássicos. Identidade e Cidadania da Antiguidade aos nossos dias.”, VI Congresso da Apec (Associação Portuguesa de Estudos Clássicos) – Centro de História da Cultura – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 18 a 21 de Outubro de 2006, Actas de Congresso, vol. I, Porto, Papiro Editora, 2010, p.323-337;
Os Estados Unidos da América nas Memórias do Conde do Lavradio, “Cultura. Revista de História e Teoria das Ideias, Vol. 25, II Série (2010), Lisboa, Centro de História da Cultura, 2008, p.11-30.