Paulo Barcelos


pbarcelos@fcsh.unl.pt

Habilitações Académicas

Doutorando em Ciência Política (Teoria e Análise Política), Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (FCSH-UNL), desde 2009;
Investigador visitante: Department of Philosophy, Columbia University, 2012-2013; Collège d’études mondiales, Fondation Maison des Sciences de l’Homme, 2011-2012;
Licenciatura em Ciência Política e Relações Internacionais, FCSH-UNL, 2002-2007;
Erasmus: Sciences Po – L’Institut d’études politiques de Paris, 2005.

Principais Áreas de Investigação

Ética, Filosofia Política, Estudos Europeus.

Experiência Profissional

Investigador no Observatório Político. Membro da Direção, 2010-2014;
Investigador no Instituto de Filosofia da Nova (FCSH-UNL), desde 2009;
Docente no Departamento de Estudos Políticos e no Programa Council on International Educational Exchange, FCSH-UNL, 2008-2013;
Membro do Conselho Editorial da Revista Portuguesa de Ciência Política, 2010-2014;
Assessor da Presidente da Assembleia da República, 2013-2014.

Participação em Projectos

“Soberania pós-nacional: a União Europeia rumo a uma identidade política” (Financiado pela FCT: PTDC/FIL-ETI/108287/2008, 2009-2013;
“Between Fairness and Merit: the Ethical and Political Nature of Rawls’ Theory of justice and its impact in European Union”. Projecto do Instituto de Filosofia da Nova, 2008-2009.

Prémios e distinções

Bolsa de Doutoramento, Fundação para a Ciência e a Tecnologia, Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, 2010-2013;
Bolsa de Investigação, Instituto de Filosofia da Nova, 2009;
Bolsa de Mérito, Universidade Nova de Lisboa, 2006.

Publicações

Livros
- Marques, António e Paulo Barcelos (eds.), Direitos Fundamentais e Soberania na Europa. História e Atualidade. Lisboa: Instituto de Filosofia da Nova, 2014.

- De Angelis, Gabriele e Paulo Barcelos (eds.), The Long Quest for Identity – Political Identity and Fundamental Rights Protection in the European Union. Bern: Peter Lang, 2013.

- Marcos, Maria Lucília, Maria João Cantinho e Paulo Barcelos (eds.), Emmanuel Levinas – Entre Reconhecimento e Hospitalidade. Lisboa: Edições 70, 2011.

Capítulos de Livros
- “Europa, soberania e direitos fundamentais”, in António Marques e Paulo Barcelos 2014, (eds.) Direitos Fundamentais e Soberania na Europa. História e Atualidade. Lisboa: Instituto de Filosofia da Nova, 2014, pp. 11-23.

- “A Carta dos Direitos Fundamentais e a Constitucionalização Europeia”, in António Marques e Paulo Barcelos (eds.) Direitos Fundamentais e Soberania na Europa. História e Atualidade. Lisboa: Instituto de Filosofia da Nova, 2014, pp. 159-191.

- “Vitangelo Moscarda’s Syndrome. The Charter of Fundamental Rights and European Constitutionalization”. In Gabriele De Angelis e Paulo Barcelos (eds.), The Long Quest for Identity – Political Identity and Fundamental Rights Protection in the European Union. Bern: Peter Lang, 2013, pp. 27-62.

- “Que Deveres perante (todos) os outros?”. in Gonçalo Marcelo e Michel Renaud (eds.), Ética, Crise e Sociedade. Lisboa: Húmus, 2011, pp. 301-310.

- “Em voo de grou: Para uma extensão global do princípio do reconhecimento”. In Marcos, Maria Lucília, Maria João Cantinho e Paulo Barcelos (2011), pp. 67-79.

- (com Maria João Cantinho and Maria Lucília Marcos) “Apresentação da obra”. In Marcos, Maria Lucília, Maria João Cantinho e Paulo Barcelos (2011), pp. 7-13.

- “Whip Cosmopolitanism into Shape”, in Diogo Pires Aurélio, Gabriele De Angelis e Regina Queiroz (eds.), Sovereign Justice. Global Justice in a World of Nations. Berlin & New York: Walter de Gruyter, 2010, pp. 241-250.

Artigos em Revistas Científicas

“Fazer melhor as contas? Rawls, a Lei dos Povos, e a questão da justiça global”, in Relações Internacionais, n.º 31, Lisboa: Tinta da China, 2011, pp. 159-180.

“Da possibilidade da Justiça Global: avaliação moral do Cosmopolitismo”, in Revista Portuguesa de Ciência Política, n.º 0, Lisboa: Observatório Político, 2011, pp. 31-35.

“O Olho do Tempo : uma abordagem a Teses sobre a Filosofia da História, de Walter Benjamin”, in Cultura : Revista de História e Teoria das Ideias, IIª série, vol. XXIII, Lisboa: Centro de História da Cultura, pp. 311-329.

“Donna Haraway, Um Feminismo pós-modernista na era da técnica. Uma abordagem ao Manifesto Cyborg”, in Faces de Eva, Revista de Estudos sobre a Mulher n.º 13, Lisboa: Edições Colibri, 2005, pp. 45-54.

Comunicações

- “Universalism vs. Relativism”, Erasmus+ International Training Course “Human Rights: defining, empowering and acting”, Rota Jovem, 10 dezembro 2014.

- “Universalismo versus Relativismo Cultural”, Curso de Direitos Humanos – Entre Princípios e Práticas (Observatório Político), Sociedade de Geografia de Lisboa, 14 março 2013.

- “Portugal não é um país pequeno: Europa, soberania e identidade”, Escola Secundária José Gomes Ferreira, 6 fevereiro 2013.

- “Monsieur: vous êtes mon égal! – O desafio da pobreza mundial”, VII Ciclo Anual Jovens Cientistas Sociais, Centro de Estudos Sociais, Universidade de Coimbra, 20 junho 2012.

- “How to teach PIGS the Protestant Ethics. Notes on the Euro Crisis”, Spring Research School Observatório Político / Georgia Institute of Technology, Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, Universidade Técnica de Lisboa, 21 maio 2012.

- “Global Justice in context”, International Institute of Sociology 40th World Congress, Delhi, 17 fevereiro 2012.

- “O desafio da pobreza mundial”, I Encontro de Estudantes de Ciência Política e Relações Internacionais, Biblioteca Municipal Almeida Faria – Montemor-o-Novo, 11 junho 2011.

- “Europe, morning to come: Portugal’s insertion in the European Union”, CIEE Study Center – Lisbon, Universidade Nova de Lisboa (FCSH), 8 abril 2011.

- “Fazer melhor as contas? Uma abordagem ao ‘Law of Peoples’”, Universidade do Minho, Instituto de Letras e Ciências Humanas, 28 janeiro 2010.

- “Ler o que não foi escrito: O enquadramento dos direitos fundamentais na União Europeia previamente à Carta”, Faculdade de Direito, Universidade Nova de Lisboa, 17 dezembro 2010.

- “Justice et pauvreté mondiale: les Objectifs du Millénaire pour le Développement sont-ils (moralement) suffisants?”, Institut d’Études Politiques – SciencesPo. Campus de Poitiers, 4 novembro 2010.

- “I am large, I contain multitudes: Portugal in the European Union context”, CIEE Study Center – Lisbon, Universidade Nova de Lisboa (FCSH), 14 maio 2010.

- “Para uma extensão Global dos deveres de justiça”, V Congresso da Associação Portuguesa de Ciência Política, Universidade de Aveiro, 6 março 2010.

- “Algumas notas sobre a identidade europeia”, Escola de Outono FCSH-UNL / Institut d’Études Politiques de Poitiers, Universidade Nova de Lisboa, 11 novembro 2009.

- “Para uma extensão global do princípio do reconhecimento”, Conferência Internacional Levinas: hospitalidade e reconhecimento, Institut Franco-Portugais, 27 outubro 2009.

- “Que deveres perante (todos) os outros?”, Colóquio Internacional Ética, Crise e Sociedade, Universidade Nova de Lisboa (FCSH), 13 outubro 2009.

- “Whip Cosmopolitanism into shape”, Conferência Internacional Global Justice and the Nation-State, Universidade Nova de Lisboa (FCSH), 23 outubro 2008;

- (com Regina Queiroz) “Which values for the European Union? Europe Between Principles of Domestic and International Justice”, 38th University Association for Contemporary European Studies Annual Conference, University of Edinburgh, 2 setembro de 2008;

- “As críticas cosmopolitas a Rawls”, Segunda Sessão do Seminário “Pensar a Justiça Global a partir de John Rawls”, Universidade Nova de Lisboa, 15 abril 2008;

- “A ‘Lei dos Povos’ no contexto da obra de Rawls”, Primeira Sessão do Seminário “Pensar a Justiça Global a partir de John Rawls”, Universidade Nova de Lisboa, 14 abril 2008;

- “Da política como anamnese: história e dever de memória em Benjamin e Lévinas”, Conferência Internacional A Actualidade de Walter Benjamin, Fundação Calouste Gulbenkian, 25 março 2008.

Como comentador
- Sobre Maria João Cabrita (Universidade Nova de Lisboa), “Pobreza: uma questão meramente económica?”, Ciclo de Tertúlias ‘Entre nós e mundos’, Teatro Extremo, 2 dezembro 2010.

- Sobre Axel Gosseries (Université catholique de Louvain), De la démocratie dans l’entreprise, Palácio Marques de Fronteira, 27 maio 2010.

Apresentação de Livro
- Maria João Cabrita, “Utopia Realista”, Fonte da Palavra, 2014. Livraria Pó dos Livros, 11 dezembro 2014.

 

Curriculum Vitae Completo em PDF