Mafalda Lobo

safe_image (6)mafalobopereira@gmail.com

Habilitações Académicas
Doutorada na área de Comunicação: Tecnologia, Cultura e Sociedade na Universidade do Minho – Centro de Estudos Comunicação e Sociedade (CECS);
Mestre em Comunicação Social, Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa;
Licenciatura em Comunicação Social, Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa.

Principais Áreas de Investigação
Política e Media; Comunicação Política e Comunicação Política Digital; Análise de Eleições e votos; Assessoria de Comunicação; Campanhas Eleitorais e Media; Campanhas Políticas Digitais; Media, Cidadania e Participação Política; Redes sociais e Política; Media: Análise de Conteúdo e Análise de Discurso; Metodologia de investigação científica.

Experiência Profissional e Académica
Investigadora académica na área do jornalismo, media, novos media, política, comunicação política (ICNOVA – FCSH da Universidade Nova de Lisboa; CIES – ISCTE e CECS-UMinho); e formadora credenciada no Conselho Científico-Pedagógico da Formação contínua na área das Ciências da Comunicação (2007-presente);
Motivação – Estudo Psico – Sociológicos, Lda, empresa independente de estudos de mercado em Portugal, tenho uma colaboração regular em Focus Group no âmbito de estudos de Marketing e Publicidade (2002-presente);
Assessora de imprensa, coordenadora de imprensa regional e gestora de redes sociais na área política (2019);
Assessora de comunicação e gestora de conteúdos online na campanha desportiva de um candidato à Presidência do Sporting Clube de Portugal (SCP) (2018);
Organização, gestão, assessoria de imprensa e comunicação de eventos de âmbito cultural e literário (I e II Encontro com Escritores da Lusofonia em Lisboa) – Evento organizado pela Associação de Especialistas para a Cooperação e Desenvolvimento (AECODE) (2013);
Assessora de comunicação e gestora de conteúdos online na campanha desportiva de um candidato à Presidência do Sporting Clube de Portugal (SCP), na Agência de Comunicação “Agenda-Setting Comunicação – Consultoria/Serviços Empresariais” (2011);
Convidada para participar no XII Seminário de Estudos Europeus (de novembro 2010 a junho 2011) organizado pelo Parlamento Europeu – Gabinete em Portugal, Jornal Público e Cenjor, (Centro Protocolar de Formação para Jornalistas) (2010-2011);
O Acaso, Produção de Espetáculos, Lda., Assessora de comunicação em regime de freelancer (eventos de âmbito cultural) (2010);
Gestão de património e negócios de Aurélio Pereira, empresário em nome individual na área da construção civil (2003-2010);
Participação no V Seminário de Estudos Europeus, de outubro de 2002 a junho de 2003, organizado pelo Parlamento Europeu – Gabinete em Portugal, Jornal Público e Cenjor, (Centro protocolar de Formação para Jornalistas) (2002-2003).

Participação em Projectos
Coordenadora do Projeto Nacional: “Inquérito nacional aos deputados da Assembleia da República sobre comunicação política digital” (em curso);
Investigadora académica na área do jornalismo, media, novos media, política, comunicação política (ICNOVA – FCSH da Universidade Nova de Lisboa; CIES – ISCTE e CECS-UMinho);
Formadora credenciada no Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua na área das Ciências da Comunicação;
Investigadora do Observatório Político;
Investigadora do CAPP- Centro de Administração e Políticas Públicas no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP);
Investigadora do Centro de Investigação de Estudos e Sociologia (CIES-ISCTE).
Investigadora do Centro de Estudos Comunicação e Sociedade (CECS –- UMinho) no grupo Comunicação, Organizações e Dinâmicas Sociais e Sociedade).
Membro da Associação de Especialistas de Cooperação para o Desenvolvimento (AECODE);
Membro do Centro de Investigação Media e Jornalismo (CIMJ) da Universidade Nova de Lisboa;
Membro da SOPCOM – Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação;
Convidada para ser membro do Comité Científico do International Symposium: Media Ideology: The Globalized World and Democratic Transition, 3 – 4 May, 2016, University of Colombo, in Colombo, Sri Lanka (2016);
Convidada para fazer parte do membro do comité científico para revisão de papers do Symposium on the theme of “Media ldeology: The Globalized World and Democratic Transition on 3rd and 4th May 2016 in Colombo, Sri Lanka.

Prémios e Distinções
Tese de doutoramento financiada pela FCT na área de Estudos de Comunicação: Tecnologia, Cultura e Sociedade, Universidade do Minho – Centro de Estudos Comunicação e Sociedade (CECS) (2014-2018);
Bolsa individual de doutoramento (BID) atribuída pela FCT (2014);
Prémio Jacques Delors (2010) – Primeira Menção Honrosa atribuída no âmbito do prémio Jacques Delors 2010.
Prémio atribuído em cerimónia pública oficial no Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) no dia 15 de Outubro de 2010 pelo Júri do concurso: Dr. Pedro Lourtie (ex-Secretário Estado Assuntos Europeus); Vítor Constâncio (Vice-Presidente do Banco Central Europeu); Carlos Costa (Governador Banco Portugal); e Cleotilde Câmara Pestana (Diretora do CIEJD).

Publicações

Livros
Lobo, M. (2018). Comunicação: “A crise económica e financeira e o desafio da Estratégia Europa 2020: o impacto das políticas de austeridade como paradoxo de uma política de bem-estar social e de coesão social e económica na imprensa económica”. Livro de atas do II Congresso Internacional de Mediação Social: a Europa como espaço de diálogo intercultural e de mediação. ISBN: 978-989-8600-80-6.
Lobo, M. (2016). Entrevistas aos deputados que fizeram parte da Comissão de Inquérito ao caso “Submarinos”, para integração no livro: A Corrupção Política Vista por Jornalistas e Políticos, coordenado por Isabel Ferin Cunha, Estrela Serrano e João Figueiras, no capítulo “A voz dos políticos” de Estrela Serrano, pp. 25-38, Editora Labcom.

Artigos
Lobo, M. (2019) – “Crise económica e financeira: o enquadramento da sétima avaliação da troika ao programa de ajustamento português no Jornal de Negócios”. Revista Estudos em Comunicação da Labcom – Universidade da Beira Interior (UBI). ISSN 1646-4974;
Lobo, M. (2018). Online politicians: Portuguese digital political communication strategies in a governmental and electoral context. Sphera Publica (18). Revista de Ciencias Sociales y de la Comunicación;
Convidada para escrever artigo científico para a revista Sociology and Anthropology na sequência da participação no 24th World Congress of Political Science (IPSA 2016) com o título: Creatively Delivering the Message: New Media Use in the 2015 and 2016 Portuguese Elections. Artigo aceite para publicação Online Politicians: Portuguese Digital Political Communication Strategies in a Governmental and Electoral Context (2017);
Lobo, M. & Contreiras, P. (2017). Presidenciais 2016: a personalização das campanhas, o debate das ideias e o (não) papel dos partidos políticos no discurso jornalístico. In A. Moreira, E. Araújo & H. Sousa (Eds.), Comunicação e Política: tempos, contextos e desafios (pp. 91-119). Braga: CECS. ISBN 978-989-8600-63-9;
Lobo, M. (2016). O conflito e a infração na narrativa jornalística da corrupção: o caso BPN na imprensa portuguesa. In Media, Corrupção e Justiça, Ferin Cunha, Isabel e Serrano, Estrela (coords).     (pp.     151-170). ISBN     978-972-8481-48-3;
Cunha, C. & Lobo, M. (2016). “Campanhas políticas nas redes sociais: uma análise comparativa das eleições presidenciais em França (2012) e em Portugal (2011)”. In Representação e Participação Política na Europa em Crise, André Freire, Marco Lisi, e José Manuel Leite Viegas (eds), Coleção Parlamento, Assembleia da República, pp. 235 – 250.
Cunha, C. & Lobo, M. (2016). Creatively delivering the message: New Media use in the 2015 and 2016 Portuguese elections in the session CS01 Comparative Politics, Democracy and Regime 24th World Congress of Political Science – IPSA, July, 23-28, 2016;
Lobo, M. (2015). Eleições Primárias na Silly season: A Agenda Mediática da Estratégia política dos candidatos à liderança do Partido Socialista na campanha eleitoral para as “Primárias” na imprensa nacional. In C. Camponez, F. Pinheiro, J. Fernandes, & M. Gomes, R. Sobreira (Eds.), Comunicação e Transformações Sociais (vol. 2) – Livro de Atas do IX Congresso Sopcom (pp. 73-86). Coimbra: Universidade de Coimbra, Escola Superior de Educação, organizado por estas duas instituições em parceria com a Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (SOPCOM) e o Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20);
Lobo, M. & Contreiras, P. (2015). A Cobertura jornalística da corrupção política: o caso do BPN em 2009. In C. Camponez, F. Pinheiro, J. Fernandes, & M. Gomes, R. Sobreira (Eds.), Comunicação e Transformações Sociais (vol. 4) – (comunicação e atas) do IX Congresso SOPCOM (pp. 9-29). Coimbra: Universidade de Coimbra, Escola Superior de Educação, organizado por estas duas instituições em parceria com a Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (SOPCOM) e o Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20);
Lobo, M. (2015). Political campaigns in the social media: a Comparative Analysis of the first primary elections in Portugal (2014) between candidates Antonio Costa (PS) and Antonio José Seguro (PS) on Facebook;
Lobo, M. & Serrano, E. (2014). Corrupção Política na Rede: O agendamento dos casos BPN, Face Oculta e Freeport no Facebook;
Lobo, M. (2014, 24 de setembro). “Primárias do PS: De que forma Costa e Seguro estão a utilizar o Facebook para fazer campanha?;
Lobo, M. (2014). “Análise do Sistema Político Português no Período Democrático: uma breve caracterização. In I.F. Cunha & E. Serrano (coord.) (2014) (Eds). (pp.9-35). Cobertura Jornalística da Corrupção Política: Sistemas Políticos, Sistemas Mediáticos, Enquadramentos Legais, pp. 9-35, Lisboa, Alêtheia;
Lobo, M. (2012, julho-setembro, 2012), Artigo África – Problemas e Desafios de um Continente Adiado, Revista “Finis Mundi”, número 5.
Lobo, M. (2011). El uso de Internet y las redes sociales en las campañas políticas: Análisis de la estrategia de comunicación política para las presidenciales de 2011 portuguesa. In Comunicación política en procesos de cambio – Livro de atas do II Congreso Internacional de Comunicación Política y Estrategias de Campaña de la Asociación ALICE. México: Universidad Autónoma del Estado de México en Toluca.
Lobo, M. (2011, 12-18 maio). O Facebook (ainda) não matou a TV. Entrevistada para a Revista Visão, nº949, 12-18 maio de 2011, pp.44-46;
Lobo, M. (2011, 24 de maio). A democracia 2.0: uma nova forma de fazer política. Jornal Destak, suplemento novas tecnologias, p.6;
Lobo, M. (2011). Análise da estratégia de comunicação política nas eleições presidenciais portuguesas de 2011. In J. Azeredo & M. L. Martins (Eds.), Meios digitais e indústrias criativas – os efeitos e os desafios da globalização – Livro de atas do 7º Congresso da SOPCOM (pp. 218-232). Porto: Centro de Estudos das Tecnologias e Ciências da Comunicação (CETAC.MÉDIA), Faculdade de Letras, Universidade do Porto;
Lobo, M (2011). União Europeia e África: uma cooperação em desenvolvimento. In Gazeta Europa, 29 de abril de 2011. Revista organizada pelo Parlamento Europeu em colaboração com o Cenjor e Gabinete do Parlamento Europeu em Portugal, artigo publicado no âmbito do XII Seminário de Estudos Europeus, pp. 64-65;
Lobo, M. (2011). Ritmos de África – Retrato Sócio-Económico e Político de um Continente Desigual. In Revista Cais, n.º 160, fevereiro de 2011, pp. 5-13;
Lobo, M. (2011). O Acontecimento Político: A II Cimeira UE/África, publicado em fevereiro 2011;
Lobo, M. (2011). A Imagem de África na imprensa europeia: O caso da II Cimeira UE-África em Dezembro de 2007, publicado em Fevereiro de 2011;
Lobo, M. (2011, 7 de fevereiro). Presidenciais 2.0: quem ganhou nas redes sociais? Jornal de Notícias, suplemento viva, na edição impressa e Jornal de Notícias online;
Lobo, M. (2010). Cobertura mediática de África na imprensa europeia no contexto da II Cimeira UE-África”;
Lobo, M. (2010). Publicação: A imagem de África na Imprensa Europeia: O caso da Cimeira UE-África em dezembro de 2007.

Curriculum Vitae Full PDF.