Jorge Barreto Xavier

jorge.barreto.xavier@gmail.com

Habilitações Académicas
Doutorando em Ciência Política, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa;
Pós-Graduado em Gestão das Artes, Instituto Nacional de Administração;
Licenciado em Direito, Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Principais Áreas de Investigação
Políticas Públicas da Cultura; Sociedade Civil

Experiência Profissional e Académica
Diretor-Geral das Artes do Ministério da Cultura;
Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Oeiras;
Presidente do Clube Português de Artes e Ideias;
Diretor do Lugar Comum, Centro de Experimentação Artística;
Diretor da Bienal de Lisboa, Lisboa, Capital Europeia da Cultura;
Docente do Mestrado de Estudos Curatoriais da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa;
Docente do Mestrado de Gestão Cultural do ISCTE;
Visiting Scholar do Center for Civil Society Studies, Institute for Policy Studies da Johns Hopkins University.

Participação em Projetos
Perito do painel de avaliação dos recursos do Programa Escolhas/ACIDI, 2011;
Coordenador do Projeto Reinserção pela Arte, Fundação Calouste Gulbenkian, 2007-2008;
Comissário do Programa O Espaço Público de Cultura nas Autarquias Locais, Fundação de Serralves/Centro de Estudos e Formação Autárquica, 2007-2008;
Consultor da International Intelligence on Culture, Londres, 2006;
Coordenador da Comissão Interministerial Educação/Cultura, do XIV Governo Constitucional, 2003-2004;
Investigador do projeto OKAPI, Fondazione Italiana per il Volontariato, 1999;
Investigador na Universidade Católica de Lisboa (UCP), do projecto New Job Skill Needs and the Low–Skilled, 1996-1998;
Colaborador do projeto Valores Éticos em Portugal, CEPCEP/UCP e Institute for Global Ethics, 1996-1997;
Coordenador do projeto ARTLINE – rede de informação multimédia, CPAI e ação conjunta da ADETI/ISCTE, Universidade de Florença, Universidade de Leeds, Trinity College (Dublin), Axis (Londres) e Arthouse (Dublin), 1995-1996;
Promotor do Inquérito Nacional aos Artistas Jovens Portugueses, Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, 1993-1994;
Membro do Conselho do Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro;
Investigador Associado do Observatório Político.

Publicações
Arte e delinquência: papéis e conjugações, edição da Fundação Calouste Gulbenkian, 2011;
Nomadismo e Voyeurismo, Home & Abroad, Xerem e Triangle Network, 2011;
Carta da Cultura de Oeiras, edição da Câmara Municipal de Oeiras, 2007;
Relatório da Comissão Interministerial Educação/Cultura, Ministério da Educação e do Ministério da Cultura, 2004;
Os centros culturais portugueses, O estado das artes e as artes do Estado, edição do Observatório das Actividades Culturais, Ministério da Cultura, 2002;
Educação e Associativismo – para além da Escola, edição do Conselho Nacional da Educação, 2001;
As artes contemporâneas por um ensino consequente, Escola, Aprendizagem e Criatividade, Porto Editora, 2000;
Parecer O Ensino Artístico, Educação Estética e a interiorização dos Saberes, edição do Conselho Nacional de Educação, 1999;
Uma casa para Brecht, Debates do Ensino Secundário, edição do Ministério da Educação, 1999;
Novas possibilidades de intervenção: o Programa Paideia, Formar Professores para a escola cultural no horizonte dos anos 2000 (colectânea), Porto Editora, 1997;
Inquérito aos artistas jovens portugueses (introdução), edição do ICS-UL, 1995.

Curriculum Vitae em PDF