Jorge Barreto Xavier

jorge.barreto.xavier@gmail.com

Habilitações Académicas
Doutorando em Ciência Política, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa  (2009-2013), especialidade Políticas Públicas;
Pós-Graduação em Gestão das Artes, Instituto Nacional de Administração;
Licenciado em Direito, Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.
 
Principais Áreas de Investigação
Políticas Públicas da Cultura, Sociedade Civil

Experiência Profissional e Académica
Director-Geral das Artes do Ministério da Cultura;
Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Oeiras;
Presidente do Clube Português de Artes e Ideias;
Director do Lugar Comum, Centro de Experimentação Artística;
Director da Bienal de Lisboa, Lisboa, Capital Europeia da Cultura;
Docente do Mestrado de Estudos Curatoriais, da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa;
Docente do Mestrado de Gestão Cultural do ISCTE;
Visiting Scholar do Center for Civil Society Studies, Institute for Policy Studies da Johns Hopkins University;
Membro do Conselho do Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro.

Participação em Projectos
Perito do painel de avaliação dos recursos do Programa Escolhas/ACIDI (2011);
Coordenador do Projecto Reinserção pela Arte, Fundação Calouste Gulbenkian (2007/2008);
Comissário do Programa O Espaço Público de Cultura nas Autarquias Locais, Fundação de Serralves/Centro de Estudos e Formação Autárquica (2007/2008);
Consultor da International Intelligence on Culture (Londres) para o relatório sobre Portugal relativo ao Study on a Cultural Component to European Union External Policies da European Cultural Foundation (2006);
Coordenador da Comissão Interministerial Educação/Cultura, do XIV Governo Constitucional (2003/2004);
Investigador do projecto OKAPI, projecto de investigação apoiado pela União Europeia sobre a importância do 3.º sector de actividade nos países do Sul da Europa e coordenado pela Fondazione Italiana per il Volontariato(1999);
Investigador, pela Universidade Católica de Lisboa(UCP), do projecto New Job Skill Needs and the Low–Skilled, organizado pelo Centre for Economic Performance da London School of Economics and Political Science (Londres), Industriens Utrednigsinstitut (Estocolmo), Max Goote Centre for Vocational and Training (Amesterdão), Stockholm Institute of Education (Estocolmo), e  Centre Europeen de Recherche Scientifique – CEREQ (Marselha) com o apoio da União Europeia (1996/1998);
Colaborador, pelo CEPCEP/UCP, do projecto Valores Éticos em Portugal, com o Institute for Global Ethics (1996/1997);
Coordenador, pelo CPAI, do projecto ARTLINE-rede de informação multimedia, acção conjunta da ADETI/ISCTE, Universidade de Florença, Universidade de Leeds, Trinity College (Dublin), Axis (Londres) e Arthouse (Dublin) – projecto piloto da União Europeia (1995/1996);
Promotor do Inquérito Nacional aos Artistas Jovens Portugueses, coordenado por José Machado Pais, Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa e com Joan Jeffri, directora do Arts Management Program da Universidade de Columbia, NY (1993/1994).
 
Publicações
“Arte e delinquência: papéis e conjugações” (coordenador), edição da Fundação Calouste Gulbenkian, 2011 (no prelo);
“Nomadismo e Voyeurismo”, in  Home & Abroad, Xerem e Triangle Network, 2011;
Carta da Cultura de Oeiras (coordenador), edição da Câmara Municipal de Oeiras, 2007; Relatório da Comissão Interministerial Educação/Cultura (coordenador), Ministério da Educação e do Ministério da Cultura, 2004;
“Os centros culturais portugueses”, in O estado das artes e as artes do Estado, edição do Observatório das Actividades Culturais, Ministério da Cultura, 2002;
“Educação e Associativismo – para além da Escola”, edição do Conselho Nacional da Educação, 2001;
“As artes contemporâneas por um ensino consequente”, in Escola, Aprendizagem e Criatividade, Porto Editora, 2000;
Parecer  “O Ensino Artístico, Educação Estética e a interiorização dos Saberes” (em conjunto com Emília Nadal), edição do Conselho Nacional de Educação, 1999;
“Uma casa para Brecht”, in Debates do Ensino Secundário, edição do Ministério da Educação, 1999;
“Novas possibilidades de intervenção: o Programa Paideia”, in Formar Professores para a escola cultural no horizonte dos anos 2000 (colectânea), Porto Editora, 1997;
Inquérito aos artistas jovens portugueses (introdução), edição do ICS-UL, 1995.

Curriculum Vitae em PDF