Diogo Noivo

diogo.noivo@gmail.com

Habilitações Académicas

Doutorando em Ciência Política, ISCTE-IUL (desde 2011);
Mestre em Segurança e Defesa, Universidade Complutense de Madrid e Centro Superior de Estudios dela Defensa Nacional, 2006-2008;
Licenciado em Ciência Política pela Universidade Lusíada de Lisboa, 2002-2006.

Principais Áreas de Investigação
Islamismo; Magrebe; Médio Oriente; Terrorismo; Violência Política.

Filiações
Investigador do Observatório Político (2011-);
Investigador no Instituto Português de Relações Internacionais e Segurança (IPRIS), 2008-2011.

Experiência Profissional e Académica
Assessor do XIX Governo Constitucional (desde 2011).

Participação em Projectos
Membro permanente do GEEMA (Grupo de Estudos Euro-Med-Atlânticos), Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento;
Membro permanente do grupo MEMO (Mediterrâneo de Médio Oriente), Fondation pour la Recherche Stratégique;
Membro permanente do REET (Réseau d’Experts Européens sur le Terrorisme), Fondation pour la Recherche Stratégique.

Publicações

Artigos em Revistas
Portugal and the Maghreb: Time to renew the vows, IPRIS Lusophone Countries Bulletin, No. 16., Fevereiro 2011: 4-6;
The spillover effects of Sidi Bouzid: a survivability test to the Tunisian regime, IPRIS Viewpoints, No. 32, Janeiro 2011;
AQIM’s hostage taking and the ransom dilemma, IPRIS Viewpoints, No. 21, Outubro 2010;
Turkish disappointment: How the European Union contributed to Ankara’s new foreign policy, Portuguese Journal of International Affairs, No.3, Spring/Summer 2010: 24-32;
AQIM and West Africa: Can Guinea-Bissau become a narco-terrorist platform?, IPRIS Lusophone Countries Bulletin, No.10, Agosto 2010: 2-3;
Combate ao terrorismo na União Europeia: construção de uma abordagem comum, Segurança & Defesa, No.14, Julho/Setembro 2010: 36-47;
Jihadism in Portugal: grasping a nebulous reality, Real Instituto Elcano, ARI No.113, Julho 2010;
Real reformism or political diversion? Saif al-Islam Gaddafi’s role in domestic Libyan politics, IPRIS Maghreb Review, No.3, Junho 2010: 3-4;
Libya’s enfant terrible: new international context – same old attitude, IPRIS Maghreb Review, No.1, Abril 2010: 2-3;
Portugal and the Maghreb: latest phase of a new possible foreign policy axis, IPRIS Lusophone Countries Bulletin, No.6, Abril 2010: 4-5;
Islamist terrorism in Algeria: from GIA to AQIM, IPRIS Viewpoints, No.11, Fevereiro 2010;
Portugal and ETA: a new pebble in the shoe?, IPRIS Viewpoints, No.8, Dezembro 2009;
Hamas: encuadramiento en el conflicto interno Palestino, Boletín de Información/CESEDEN, Ministério de Defensa, No.304, 2008: 113-138.

Curriculum Vitae em PDF