Organização e Comunicação Institucional

COCI-1


INSCRIÇÕES ENCERRADAS

Programa
O curso visa dar formação profissional relevante para o exercício de funções em gabinetes políticos e/ou em sectores profissionais semelhantes. Pretende fornecer competências científicas e profissionais. O coordenador do curso e o Observatório Político, em conjunto com as instituições parceiras que reconhecem a validade do projecto e se associam a ele, oferecem aos alunos uma versão mais desenvolvida do curso com grande sucesso que funcionou na Escola de Verão da FCSH/Universidade Nova de Lisboa (2011).

Destinatários

Este curso tem como destinatários todos os interessados por temáticas relacionadas com a organização e comunicação institucional, nomeadamente estudantes académicos, profissionais da comunicação e da política, assessores, jornalistas, bem como de sectores profissionais em que as competências de trabalho dos gabinetes políticos seja pertinentes (multinacionais, fundações, embaixadas, institutos, etc).

Estrutura
O curso inicia-se com o módulo I baseado num conjunto de sessões teóricas em que os coordenadores abordam temas de política e de história relevantes para o enquadramento do trabalho a desenvolver (conceitos de Esquerda e Direita, noções básicas de análise e trabalho político, etc.) e convidam profissionais de diversas áreas com experiência governativa e de gabinete para falarem sobre as suas experiências específicas (chefia de gabinete, assessoria de imprensa, assessoria jurídica, etc.).

Para os interessados, segue-se um segundo módulo, «prático», no qual os formadores das diversas áreas anteriores darão formação prática específica na sua área aos interessados. Para este segundo módulo, pré-condições para admissão podem ser requeridas (p. ex., formação em Direito para formandos em assessoria jurídica), cabendo ao monitor de cada área a decisão de admissão.

Como decorrem em simultâneo, os módulos diferenciados (II) dividem a turma entre a sala das sessões anteriores e outras salas. O curso termina com duas conferências, de novo para a totalidade do curso, pelo Prof. Luís Salgado de Matos (ICS) e pela Profª. Cristina Montalvão Sarmento (UNL).

Avaliação
Aos alunos que frequentam unicamente o módulo I (teórico) é-lhes atribuído um diploma de frequência no curso de estudos. Aos alunos que frequentam o módulo II (Teórico e Prático) é-lhes concedido um diploma de frequência no curso de formação avançada. Considera-se concluído com aproveitamento um módulo, sempre que se verifique a frequência de 70% das sessões.

Docentes
Prof. Doutor Carlos Leone 
Investigador do Centro de História da Cultura (UNL) e do Observatório Político, docente na Universidade Nova de Lisboa e ensaísta.
Prof. Doutora Cristina Montalvão Sarmento Professora da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – UTL, do Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna (ISCPSI) e Directora do Observatório Político.
Prof. Doutor Luís Salgado de Matos Investigador do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa e Docente no Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica Portuguesa. Foi consultor do Presidente da República (2001 – 2006) e do Ministro da Defesa Nacional (1999 – 2001).
Prof. Doutor Rui Miguel Silva Doutorado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores (IST-UTL), é Professor Adjunto para a área científica de Informática no Departamento de Engenharia da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Beja (IPB), investigador na área da segurança informática e criptografia e integra o European Working Party on Information Technology Crime da Interpol.
Mestre Cláudia Henriques Licenciada em Ciências da Comunicação (UAL), concluiu um Master of Arts in Journalism Studies, pela Cardiff University, do Reino Unido. Estagiou na BBC Wales e BBC World Service. Trabalhou durante 8 anos como jornalista da TSF e foi Assessora de Imprensa da Ministra do Trabalho e da Solidariedade Social. Em 2006, foi galardoada com o Prémio Internacional de Jornalismo Rey de España.
Mestre Eduardo Pereira Correia Professor no Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna (ISCPSI), Doutorando em Ciência Política na Faculdade  de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e Investigador Associado do Observatório Político.
Mestre Manuel Roxo Licenciado em Direito e Mestre em Direito das Empresas, inspector do trabalho e actualmente sub-inspector geral do trabalho (Autoridade para as Condições de Trabalho), foi adjunto da Ministra do Trabalho e da Solidariedade Social e do Secretário de Estado da Administração Pública e da Modernização Administrativa.
Mestre Maria Madalena Requixa Doutoranda em Ciência Política com investigação sobre o Golfo Arábico, anteriormente Directora Executiva da revista Negócios Estrangeiros e responsável editorial das publicações do Instituto Diplomático (MNE).
Mestre Raquel Duque Mestre em Segurança Internacional e Terrorismo pela Universidade de Nottingham e Doutoranda em Ciência Política na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, com experiência profissional no Centro de Informação Europeia Jacques Delors, no Ministério dos NEgócios Estrangeiros e na Missão Permanente de Portugal junto das Nações Unidas, em Nova Iorque.
Dr. Hugo Daniel da Costa Oliveira Licenciado em Direito, inscrito na Ordem dos Advogados, exerceu, entre outros cargos na administração pública central, jurista no Ministério das Finanças, de 1999 a 2006, funções de assessor e de adjunto no Gabinete do Secretário de Estado dos Transportes (XVII e XVIII Governos Constitucionais), de 2008 a 2011. Actualmente é jurista da Autoridade Metropolitana de Transportes de Lisboa.
Dr. Pedro Ruas Licenciado em Ciência Política pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa, Pós Graduado em Direito das Autarquias Locais pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e doutorando em Estudos Europeus (UCP). Presidente de Junta de Freguesia de Azinheira Barros, Grândola, e assessor do Presidente do Conselho de Administração da Fundação INATEL. Foi adjunto da MTTS, Chefe de Gabinete no Governo Civil de Setúbal e assessor na Câmara Municipal do Montijo.

Consulte o programa completo do curso

Inscrições
Para inscrever-se no curso, deverá preencher o formulário de inscrição. Pode fazê-lo:

  • directamente online, procedendo ao download da ficha de inscrição
  • pessoalmente, no secretariado do Observatório Político, em Lisboa

Se optar pelo preenchimento do formulário online, deverá enviar a ficha de inscrição para geral@observatoriopolitico.pt e assim que recebermos os seus dados, procederemos à sua inscrição e enviaremos a confirmação por email, juntamente com os dados para pagamento (Multibanco, cheque ou transferência). A inscrição só será efectiva depois de efectuados todos os pagamentos devidos.

Prazos de Inscrição
Inscrições encerradas

  • Após esta data, e caso haja vagas no curso que pretende, poderá inscrever-se, pagando um suplemento de inscrição tardia de 20 €.
  • No acto da inscrição deve ser efectuado o pagamento da totalidade do curso. A inscrição só será válida após confirmação, pelos Serviços, da entrada das importâncias devidas.

*Note, por favor, que as inscrições poderão encerrar em data anterior às indicadas, a partir do momento em que o curso atinja o seu número limite de vagas (sempre que indicado).