Curso Crise e Segurança

CCD-banner

II EDIÇÃO – PROGRAMA RENOVADO
                                      Inscrições encerradas                                     

Consulte aqui o programa

Programa
Num contexto de (des)integração, globalização e crise, o curso pretende fornecer competências científicas e profissionais, permitindo a compreensão, de modo integrado e crítico, das crises internacionais, da relação entre as várias ameaças e crescentes desafios no século XXI, no quadro das tendências dos estudos de segurança, ciência política e relações internacionais e economia. Os coordenadores do curso e o Observatório Político, em conjunto com as instituições parceiras (ISCPSI) que reconhecem a validade do projecto e se associam a ele, oferecem aos alunos uma formação avançada que promove o conhecimento aprofundado das principais tipologias de crise e da gestão e intervenção nessas mesmas crises.

Destinatários
Todos os interessados em compreender a actual crise e os problemas de segurança associados. Elementos das forças dos serviços de segurança, juízes, procuradores, diplomatas, militares, jornalistas, advogados, funcionários dos Ministérios com atribuições na área da segurança interna, negócios estrangeiros e defesa, bombeiros, técnicos de protecção civil, professores e membros de ONG’s.

Avaliação
Considera-se concluído com aproveitamento sempre que se verifique a frequência de 75% das sessões, juntamente com a avaliação realizada em aula, reflectindo a assiduidade, a participação e o interesse demonstrado pelo aluno na discussão dos temas programáticos. A estes alunos será atribuído um diploma de frequência no Curso de Formação Avançada em Crise e Segurança.

Docentes

Prof. Doutora Cristina Montalvão Sarmento Doutora em Ciência Política na especialidade de Teoria Política (2004) pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa; Professora Auxiliar na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa; Professora Auxiliar, em regime de mobilidade, no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa; Professora Convidada do Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna; Directora e Investigadora Doutorada do Observatório Político.
Mestre (Subintendente) Élia Chambel Doutoranda em Ciência Política, especialidade em Segurança, na FCSH-Universidade Nova de Lisboa; Mestre em Ciência Política e Relações Internacionais pela FCSH-Universidade Nova de Lisboa; Subintendente da Policia de Segurança Pública; Docente no Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna; Directora de Estágio (5º ano) do Curso de Mestrado Integrado em Ciências Policiais no Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna; Assessoria ao Director-Geral da Direcção-Geral da Administração Interna no Gabinete de Assuntos Europeus do MAI; Missão na Serra Leoa com a posição de Police Adviser da Policia de Serra Leoa; Investigadora Associada do Observatório Político.
Prof. Doutor (Tenente-Coronel) Francisco Proença Garcia Ten-Cor. Infantaria com Curso de Estado-maior; Doutor em História Contemporânea e Mestre em Relações Internacionais; agregado em Relações Internacionais na Universidade Católica Portuguesa; esteve colocado em diversas unidades da arma de Infantaria como a Escola Prática, o Regimento de Vila Real e ainda na Academia Militar; foi Oficial de planeamento do Comando do Sector Central em Timor-Leste; actualmente desempenha funções de Conselheiro Militar junto da Delegação Portuguesa na NATO, é professor na Academia Militar aos cursos de Pós-Graduação e Doutoramento e é professor convidado dos cursos de Doutoramento em Relações Internacionais na Universidade Católica e Secretário-Geral da Academia Internacional da Cultura Portuguesa.
Dr. (Superintendente) José Matos Torres Superintendente da Polícia de Segurança Pública (PSP); Director Nacional Adjunto da PSP (logística e finanças); Licenciado em Ciências Policiais pelo Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna (ISCPSI) e em Organização e Gestão de Empresas pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE-IUL); Pós-Graduação em Contabilidade Pública, Finanças e Gestão Orçamental (IDEFE/ISEG); autor e co-autor de vários artigos e publicações e tem ministrado conferências e seminários nas áreas de Gestão Estratégica, Terrorismo e Gestão de Riscos.
Prof. Doutor (Intendente) Luís Elias Doutor em Ciência Política e Relações Internacionais, na Universidade Nova de Lisboa; Curso de Direcção e Estratégia Policial (PSP); Curso de Política Externa Nacional (Instituto Diplomático, MNE); Intendente da Polícia de Segurança Pública; Docente no curso de Mestrado não integrado em Ciências Policiais no Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna; 2º Comandante do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP; Segundo Comandante da Polícia da ONU em Timor-Leste (UNTAET e UNMISET); Oficial de operações no Quartel-General da Polícia da ONU na Bósnia-Herzegovina e formador na Academia de Polícia de Sarajevo (IPTF-UNMIBH); docente em cursos do CEPOL sobre Gestão Civil de Crises, Prevenção da Criminalidade e Policiamento Orientado pelas informações; Investigador Doutorado do Observatório Político.
Mestre (Intendente) Manuel Antunes Dias Intendente da Polícia de Segurança Pública e Mestre em Estratégia pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – UTL e Docente no Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna (ISCPSI); 2º Comandante do Comando Distrital de Setúbal.
Prof. Doutor (Subintendente) Manuel Valente Professor Auxiliar do Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna; Doutor em Direito, na especialidade de Direito Penal, pela Universidade Católica Portuguesa – Faculdade de Direito com tese subordinada ao tema Prevenção Criminal e Acção Penal como Execução de uma Política Criminal do Ser Humano; Pós-Graduação em Gestão de Políticas de Segurança Pública, pela Academia Nacional de Polícia – Polícia Federal – Brasil; Mestre em Direito, na especialidade de Ciências Jurídico-Criminais, pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, com tese subordinada ao tema Mandado de Detenção Europeu; Membro do Conselho Pedagógico do Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna; Director do ICPOL – Centro de Investigação do Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna.
Mestre Marta Ceia Mestre em Ciências da Comunicação na vertente de Comunicação Estratégica pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, com a dissertação Conquistando Mentes e Corações: a Luta Contra o Terrorismo e a Comunicação Estratégica no Contexto da NATO; Minor em Guerra da Informação/Competitive Intelligence na Academia Militar de Lisboa; Responsável pelo grupo de trabalho sobre Ciberespaço na IV Conferência para Jovens da Eurodefense (St. –Cyr L’École/Paris, França); Membro do Conselho Pedagógico do Departamento de Estudos Políticos da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa; Investigadora Associada do Observatório Político.
Dra. Patrícia Gaspar Licenciada em Relações Internacionais pela Universidade Técnica de Lisboa, Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas; entre 1996 e 2000 assumiu funções na Divisão de Informações do Estado-Maior da Armada – Secção de Protocolo e Secção de Informação Estratégica; em 2000 ingressou nos quadros do ex-Serviço Nacional de Protecção Civil (SNPC), actual Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) tendo, entre 2003 e 2007, assumido a coordenação do Gabinete de Relações Internacionais; em 2007 assumiu funções de Adjunta de Operações Nacional no Comando Nacional de Operações de Socorro, tendo desenvolvido diversas tarefas ao nível da gestão de emergências, apoio à decisão, planeamento e organização de vários exercícios.
Dr. (Subintendente) Paulo Flor Licenciado em Segurança Pública no Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna (ISCPSI); Responsável pela Comunicação Interna e Externa da PSP; Coordenador da Política de Imagem e Marketing da PSP; Assessoria na área da Comunicação, Imagem e Marketing do Ministério do Interior da República de Moçambique e da Política da República de Moçambique.
Prof. Doutor (Superintendente) Pedro Clemente Doutor em Ciência Política pela Universidade Técnica de Lisboa; Director do Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna; Professor auxiliar da Universidade Lusíada de Lisboa; Superintendente da Polícia de Segurança Pública; Inspector na Inspecção-Geral de Administração Interna; Coordenador do Curso de Mestrado não integrado em Ciências Policiais no Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna; Membro da Comissão Executiva do Plano Tecnológico do Ministério da Administração Interna; Investigador Doutorado do Observatório Político.
Mestre (Subintendente) Pedro Sousa Director de Ensino da Escola Prática de Polícia e Subintendente da PSP; Mestre em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.
Mestre (Subintendente) Sérgio Felgueiras Doutorando em Ciências Sociais na especialidade de Ciência Política no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa; Mestre em Ciência Política pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa; Director do Curso Avançado de Directores de Segurança no Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna; Professor Assistente no Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna.

Consulte aqui o programa.
Inscreva-se aqui.

Propinas

  • Taxa de Matrícula - 12,50€
  • Propina do Curso (total) - 250€
  • Emissão de Certificado - 8€
  • Emissão de Certificado e Diploma - 21,50€

Inscrições
Para inscrever-se no curso, deverá preencher o formulário de inscrição. Pode fazê-lo:

  • directamente online, procedendo ao preenchimento dos seus dados neste link;
  • pessoalmente, junto do secretariado do Observatório Político, em Lisboa

Modalidades de Pagamento
Poderá proceder ao pagamento por inteiro da taxa de inscrição e do curso ou optar pelo pagamento faseado:

  • taxa de inscrição mais 50€ referentes à propina até ao dia 28 de Outubro de 2013;
  • 100€ referentes à propina até ao dia 22 de Novembro de 2013;
  • restantes 100€ referentes à propina até ao dia 15 de Dezembro de 2013.

Ambas as modalidades poderão ser feitas através de transferência bancária, cheque ou numerário.

A inscrição só será efectiva depois de efectuado o pagamento da taxa de inscrição e da primeira prestação da propina no valor de €50.

Se optar pelo preenchimento do formulário online, deverá enviar a ficha de inscrição para geral@observatoriopolitico.pt e assim que recebermos os seus dados, procederemos à sua inscrição e enviaremos a confirmação por email, juntamente com os dados para pagamento (multibanco, cheque ou transferência).

Prazos de Inscrição
Até 23 de Outubro de 2013. 20 vagas disponíveis*

  • Após esta data, e caso haja vagas no curso que pretende, poderá inscrever-se, pagando um suplemento de inscrição tardia de 20 €.
  • No acto da inscrição deve ser efectuado o pagamento da totalidade do curso. A inscrição só será válida após confirmação, pelos Serviços, da entrada das importâncias devidas.

*Note, por favor, que as inscrições poderão encerrar em data anterior às indicadas, a partir do momento em que o curso atinja o seu número limite de vagas (sempre que indicado).